La Pivellina – A Pequenina

Num parque de rulotes nos arredores de Roma, um grupo de pessoas à margem da sociedade sobrevive com dificuldade ao Inverno. Patty e Walter, marido e mulher, trabalham no circo. Um dia, Patty encontra uma menina de dois anos sozinha à chuva. Ao despir “a pequenina” (la pivellina) para a secar, Patty descobre um papel que diz que a mãe da criança virá buscá-la em devido tempo. Com a chegada da pequena Asia, o inverno desolado e o ambiente decadente subitamente iluminam-se.

A criança vai tropeçando na parafernália circense como se fosse um Charlie Chaplin em miniatura e provoca sentimentos maternais em toda a gente, até no adulto mais macambúzio. De todos se espera que dêem à criança o seu afecto. Os dois realizadores, que até aqui tinham trabalhado sobretudo em documentário (é deles o belíssimo Babooska, também passado num circo ambulante) trabalham com a luz disponível e com recursos mínimos, dividindo o equipamento entre si. A sua câmara não-intrusiva capta momentos de alegria genuína, arrebatando o espectador.

Exibições
2011, 16 Junho – Cineclube de Tomar – Tomar
2011, 8 Junho – Cineclube Santarém – Santarém
2011, 11 Janeiro – Cineclube Ao Norte – Viana do Castelo
2011, 3 Janeiro – Cineclube Faro – Faro
2010, 2 Dezembro – Cineclube de Tavira – Tavira
2010, 24 Novembro – Cineclube de Évora – Évora
2010, 21 Novembro – Cineclube de Vila do Conde – Vila do Conde
2010, 30 Setembro – Cinemacity Classic Alvalade – Lisboa

Vídeos Relacionados

Fevereiro 7th, 2011